Arquitetura – Moldando a Face da Terra

A Arquitetura, definida vulgarmente como a atividade de desenhar e construir edifícios, é um reflexo da sociedade em que se insere e do seu desenvolvimento. Desde tempos longínquos, é uma profissão que desempenha um papel significativo para o desenvolvimento da construção, do planeamento e do “design” urbano. Na realidade, compreende a conceção de todo o ambiente construído.

Como já tivemos oportunidade de constatar, a Arquitetura foi evoluindo de forma a corresponder cada vez melhor às finalidades de garantir abrigo, segurança e culto devocional. Os Antigos começaram por utilizar materiais rudimentares, como pedras e árvores, que foram evoluindo, até que a arquitetura se tornou profissão e é hoje um verdadeiro símbolo cultural e político de cada país.

Algumas das construções mais célebres, ao longo dos tempos, são a Grande Muralha da China, as pirâmides do Egito e o Taj Mahal da Índia, ainda hoje preservados como monumentos. As Arquiteturas da Antiguidade, como a Egípcia, a Grega, a Indiana, a Africana, a Etrusca, a Inca, a Persa, a Maia, a Romana e a Suméria são bastante admiradas. A Arquitetura Africana, por exemplo, assemelhava-se à dos Antigos Egípcios, tendo recebido, no século XIX, a influência europeia. Esta, por sua vez, desenvolveu-se através de vários estilos, desde o Clássico até ao Eclético. Seja qual for a sociedade em que se inserem, as obras arquitetónicas de um país refletem sempre o seu enquadramento cultural, político e social.

Gradualmente, depois da II Guerra Mundial, a Arquitetura Moderna foi-se tornando popular. Alguns historiadores apontam as revoluções políticas e sociais da época como as principais causas para o seu desenvolvimento. No entanto, a verdadeira razão remonta à Revolução Industrial, que possibilitou o aparecimento de novos edifícios feitos de ferro, vidro, aço e betão, essenciais para o crescimento da Arquitetura Moderna.

Existem muitas escolas de Arquitetura espalhadas pelo mundo. A pesquisa de novas tecnologias e materiais e a exploração de novos estilos de vida fazem desta uma profissão apetecida, sobretudo para quem sente afinidade com o trabalho criativo. Se sente a necessidade de participar na evolução da sociedade, esta pode ser uma das profissões certas para si.